Mudar o mundo tornou-se oportunidade de negócio para empreendedoras de impacto social
Publicado em 8/03/2017 em ARTEMISIA.

A Cycor, fundada em 2010 por Michele Salles de Souza, desenvolve e distribui tecnologias nacionais de reabilitação – como próteses de membros, exoesqueleto e kit de motorização de cadeira de rodas – produtos para pessoas amputadas ou que evitam a amputação. Com o objetivo de popularizar esse tipo de tecnologia, o negócio desenvolve equipamentos com custo mais baixo do que os existentes no mercado – justamente para atender a população das classes C, D e E.  No Sistema Único de Saúde (SUS), cerca de 50 mil amputações são realizadas por ano, sendo que 80% dessas são de membros inferiores de pacientes com doença vascular periférica ou diabetes. A segunda maior causa das amputações está nos traumas causados por acidentes de trânsito e armas de fogo. As tecnologias usadas até então são importadas e fora do alcance da população de baixa renda.
Neuroengenheira especializada em neuroprogramação, neuropróteses, biônica, cibernética, biorróbotica e integração entre seres vivos e máquinas, Michele conta que a empresa atua com dois produtos principais: a prótese de mão – a um custo de R$ 3,9 mil (a média do mercado é de R$ 6 mil) e o exoesqueleto, que custa em torno de R$ 30 mil (modelos similares custam R$ 200 mil). O preço baixo não é uma mera vantagem competitiva; trata-se de um modelo de negócio. “Ao invés de colocar um preço alto na inovação, usamos a inovação para diminuir o preço”, defende.
Sobre as possíveis dificuldades das empreendedoras, ela revela que não acredita que seja mais difícil para mulheres, mas sim para a delicadeza feminina. “O setor de negócios é mais ostensivo e por isso necessita de jogo de cintura com pulso firme, gentileza, perspicácia e audácia. Uma mulher é bem mais capaz de ter esses atributos todos reunidos por conta da sua paciência e capacidade de articulação”, avalia. A empreendedora conta que no setor no qual atua não conhece nenhuma mulher. “Nem ouvi falar, mas no cenário de startups vi alguns casos de mulheres muito bem-sucedidas por conta do comprometimento e dedicação. Mas existe o desafio e risco de não ser muito levada a sério. Em um mundo onde o ambiente dos negócios era coisa de homem é ainda um pouco difícil mostrar que lugar de mulher também é nos negócios. Estamos dispostas a contribuir com esse setor”, afirma.
O ingresso no empreendedorismo de impacto social veio da percepção de que o muito pode ser distribuído melhor. “Quando falamos sobre diversas questões que afligem o próximo é no mínimo estranho que vários problemas ainda existam há décadas. Eu compreendi que mais do que falar, é preciso fazer; já que a maior parte das pessoas tem medo de arriscar, então algumas terão que iniciar os bons negócios do futuro. Só assim o futuro será melhor. Além disso, nesse modelo de negócio, vejo todos os meus sonhos de infância sendo realizados; ao realizar esses sonhos, tenho reunido mais pessoas que também tinham os mesmos sonhos, assim vamos crescendo”, afirma a empreendedora, acrescentando que a inspiração vem de Milton Hershey, filantropo e fundador da The Hershey Company.
Entre as dicas para as mulheres que desejam empreender, Michele elenca: “aprenda com os que venceram e adapte o aprendizado na sua iniciativa; assista vídeos de entrevistas, de palestras, leia conteúdos relevantes e trabalhe com dedicação; cerque-se de pessoas do bem de verdade; afaste-se daquelas que falam mal das outras e depois mandam carinhas fofas; faça o bem não importa para quem seja – e sem esperar nada em troca; cuidado com as ciladas, às vezes confiamos nas pessoas erradas; faça conexões, ninguém faz algo legal sozinho; aceite as perdas, está tudo bem não acertar sempre; divida méritos, isso não diminui a importância do que você fez; seja humilde e gentil (a falta disso faz portas se fecharem e as pessoas certas para a sua vida se afastarem); cuide da sua imagem e não só da física; e dê valor para os que amam você – nada no mundo é mais importante que isso.”
ARTEMISIA
A Artemisia é uma organização sem fins lucrativos, pioneira na disseminação e no fomento de negócios de impacto social no Brasil. A missão da organização é inspirar, capacitar e potencializar talentos e empreendedores para criar uma nova geração de negócios que rompam com os padrões precedentes e (re)signifiquem o verdadeiro papel que os negócios podem ter na construção de um país com iguais oportunidades para todos. Fundada em 2004 pela Potencia Ventures, a Artemisia possui atualmente escritório em São Paulo.
A Artemisia foi a primeira organização do Brasil a fazer parte da Omidyar Foundation, a mais respeitada organização no setor de investimento de impacto, fundada por Pierre Omidyar, empreendedor do Ebay. Recentemente, a Artemisia também foi anunciada como uma das cinco organizações selecionadas, entre 115 de toda a América Latina, pelo edital da Rockefeller Foundation, Avina, Avina Americas e Omidyar. www.artemisia.org.br
– See more at: http://www.printeccomunicacao.com.br/?p=39156#sthash.uuMpnzw0.ow80B4gb.dpuf

Categorias: Blog

0 comentário sobre “Clipping – Artemísia”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts

Opinião

Tecnologias ao alcance de todos

Desde sua fundação em 2013, a Cycor tem como objetivo principal desenvolver tecnologias que atendam realmente à necessidades humanas, principalmente para aquelas cuja qualidade de vida necessitam de algum suporte, como é o caso de Ler mais…

Blog

Clipping – Pesquisadora cria ‘robô’ que pode fazer uma pessoa voltar a andar

Em entrevista à afiliada da Rede Globo, Michele de Souza conta como funciona nosso USR1. http://g1.globo.com/pr/parana/paranatv-1edicao/videos/t/curitiba/v/no-parana-pesquisadora-cria-robo-que-pode-fazer-uma-pessoa-voltar-a-andar/5861738/

Blog

Clipping – Desafio Senai de Inovação – Cycor Cibernética

Vencedores participarão da etapa nacional, em São Paulo, durante o mês de novembro Vencedores do Desafio Senai de Inovação foram conhecidos nesta segunda-feira (Foto: Mauro Frasson) Na noite desta segunda-feira (28), foram conhecidos os vencedores Ler mais…